domingo, 15 de janeiro de 2012

Em Busca de um Homem




Êxtase cor-de-rosa

Ela passou a perna em todas a pinups que ansiavam ser a nova Marilyn Monroe. Não que Jayne Mansfield tenha conseguido tal façanha, mas é muito mais festejada pela tentativa do que qualquer outra. Sempre simpática, carregando a prole de quatro filhos pra lá e pra cá, derrotou nomes como Mamie Von Doren ou a inglesa Diana Dors. 
O diferencial de Jayne é que jamais imitou Monroe, e sim a caricaturava. Assumiu até em entrevistas e aparições públicas a postura de loira imbecil total, cheia de gemidinhos a cada frase. Era uma comediante, não uma imitadora, o que ajudou na conquista até dos fãs da principal estrela dos 50.

Marilyn Monroe e ela ficaram cara a cara uma única vez na vida. Em 56, Monroe esteve na platéia da peça “Will Success Spoil Rock Hunter?”, comédia protagonizada por Mansfield interpretando Rita Marlowe, atriz de Hollywood loira e burra, lutando para ser levada a sério. Não deve ter achado muita graça nas semelhanças com sua vida, embora evitasse alimentar polêmicas. Na biografia assinada por Donald Spoto consta apenas que telefonou ao teatrólogo George Axelrod, também autor de seus filmes Nunca Fui Santa (Bus Stop, 1956) e O Pecado Mora ao Lado (The Seven Year Itch, 1955), e comunicou incisivamente ter assistido ao espetáculo. Só!

A filha de Jayne com um Mr. Univers, Mickey Hargitay,  Mariska Hargitay, atriz vencedora do Globo de Ouro e do Emmy Award pelo papel da detetive Olivia Benson na série policial Law & Order (Lei & Ordem), exibida no Brasil, também, na TV aberta, CNT.  

Em seu livro de memórias, Hollywood Nua e Crua, a correspondente incluiu um capítulo chamado “Jayne, a Doce Mamãe”, tamanha dedicação e zelo com os filhos, contrastando com a imagem de sedutora implacável. Há quem aponte (Dulce é uma delas) que, embora Mariska Hargitay, atriz atualmente no seriado Lei e Ordem, carregue o sobrenome do segundo marido de sua mãe, seria fruto do romance com o paulista Nelson Sardelli. 
Como o show não podia parar, passou a fazer shows em casas noturnas por todo o EUA. Sempre com muita pressa pra cumprir a agenda, em 29 de junho de 1967, seu carro em alta velocidade entrou na traseira de um caminhão.

Na frente iam Jayne (com apenas 34 anos) e seu atual namorado. Nos bancos de trás, três dos seus filhos dormindo. As crianças, como por milagre, sofreram leves escoriações, mas todos os outros passageiros foram mortos.

Sophia Loren e Jayne Mansfield  - Foto clássica do ano de 1957. Sinceramente, o olhar da bonita atriz italiana rouba a cena dos "melons" quase servidos na sobremesa da loura americana. (Netto)

Filmes com Jayne Mansfield: Em Busca de um Homem (1956), Honra de Ladrão (1957), O Beijo da Despedida (1957), Ela Era Irresistível (1960),  Diário de um Homem Casado (1967)

Mais, da Marilyn Monroe Cover, AQUI

5 comentários:

  1. Amigo
    Não sei como conseguiu o endereço de meu blog e estou conhecendo o seu trbalho que é sensacional. Cinema e arte Caricaturística é fantástico.
    Esse nosso mundo de blogueiros é realmente mágico.
    O que descobrimos de artistas em nosso meio é uma viagem emocionante.
    Tanta gente anônima com talento insuperavél no que se dispõem a fazer.
    Como sugestão gostaria de que fizesse algum trabalho deste tipo com os astros do Espaghetti, Franco Nero, Giuliano Gemma, /Lee Van Cleef, Eli Wallach, Anthony Steffen que é muito raro encontrar na Web. Os astros americanos conseguimos até encontar.
    Você estaria realmente sendo pioneiro neste seguimento.
    Sucesso
    www.bangbangitaliana.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. João de Deus "Netto"16 de janeiro de 2012 09:07

      Sugestão anotada e que será cumprida, com certeza, Edelzio.
      Obrigado pela distinção, e sucesso para nós blogueiros neste trabalho cultural de formiguinhas que a imprensa tradicional restringia, por razões óbvias: agasalhar este formigueiro desconhecido seria impossível.

      Excluir
  2. Você sabe captar, com engenho e arte, a essência dos tipos retratados. Sou seu admirador,
    André Setaro

    ResponderExcluir
  3. Meu caro, tudo bem com a famosa mãe dela no passado, mas eu me amarro mesmo é na filha Mariska. Só vejo o Lei e Ordem agora na TV aberta CNT, porque é a temporada onde ela ainda fazia esta série. Aos novos da série, perdi completamente o interesse. A detetive Olivia Mariska é demais!

    ResponderExcluir
  4. Meu senso de sinceridade me leva a informar que tenho pouquissimo conhecimento de filmes desta atriz, assim como de muito pouco posso informar de sua vida.

    A única informação, ainda assim não sei se 100% correta, é de que ele faleceu de um acidente automobilistico, onde seu carro entrou no fundo de um caminhão, tendo ela a cabeça arrancada fora do corpo,

    Ainda segundo tive informações, o ator de faroestes B, Tom Mix, era seu companheiro no automovel acidentado, não sabendo informar se o mesmo também faleceu no acidente.

    Seus filhos, acredito que tres ou quatro, que iam no banco traseiro e que me pareciam dormir, sofreram escoriações leves.
    jurandir_lima@bol.com.br

    ResponderExcluir