quinta-feira, 16 de agosto de 2012

OO7, 50 ANOS


Sean Connery, o mais charmoso.

O espião mais famoso da história estreou nos cinemas em 1962, em uma adaptação do personagem criado originalmente pelo escritor Ian Fleming. Charmoso, inteligente, corajoso e conquistador, James Bond se tornou um clássico do cinema de ação, e foi interpretado pela primeira vez pelo ator escocês Sean Connery.

Daniel Craig, o atual.
O papel do agente secreto de Sua Majestade foi remodelado diversas vezes em sintonia com os atores subsequentes, ganhando mais humor, com o ator britânico Roger Moore, mais elegância com Timothy Dalton (o mais fraco), e mais seriedade com o atual e ótimo 007, Daniel Craig.
As temáticas dos filmes também mudaram muito nestes 50 anos de James Bond. Enquanto grande parte dos filmes do começo da franquia estavam focados na tensão política entre EUA e União Soviética, em consonância com o contexto da Guerra Fria, a nova encarnação do espião reflete os problemas atuais do cenário político internacional, como o terrorismo e a manipulação econômica. 
Pouco se fala de George Lazenby, único que não era inglês (australiano) e que fez o único “A Serviço Secreto de Sua Majestade”, em 1969.
Os James Bond originais do Ian Fleming
Além da comemoração dos 50 anos da franquia, 2012 traz mais um capítulo importante na história do espião: a estreia de Skyfall, 23º filme da série e o terceiro com Daniel Craig. O longa é o primeiro dirigido por Sam Mendes, que ficou conhecido por projetos como Beleza Americana e Apenas Um Sonho.
O filme testa a lealdade de James Bond a sua chefe, M (interpretada por Judi Dench), quando questões polêmicas de seu passado voltam para assombrá-la. O vilão do filme será interpretado pelo espanhol Javier Bardem Skyfall traz também Ralph Fienner, Bem Wishaw, Albert Finney, a bond girl Berenice Marlohe e Ola Rapace.


Ian Lancaster Fleming nasceu em Londres em 28 de maio de 1908 e morreu em Canterbury, em 12 de agosto de 1964. Foi um oficial da Inteligência Naval, jornalista e escritor britânico, mais conhecido por seus romences de espionagem da série James Bond. Fleming nasceu em uma família rica conectada com o banco mercante Robert Fleming & Co.; seu pai era um membro do parlamento de Henley de 1910 até sua morte em 1917 na Primeira Grande Guerra. Bem educado, Fleming teve vários empregos antes de começar a escrever.


FONTES: IMDb – Site James Bond Brasil – You Tube - Wikipedia

TREILLER OFICIAL DO FILME “SKYFALL”A SER LANÇADO EM NOVEMBRO DESTE 2012.

INFOGRÁFICO ANIMADO E INTERESSANTE SOBRE A TRAJETÓRIA DO 007




5 comentários:

  1. Acompanhe o especial que eu estou fazendo no meu blog.
    http://cinemacemanosluz.blogspot.com.br/2012/08/cine-especial-james-bond-50-anos-de_16.html

    ResponderExcluir
  2. Hehehehe, engraçado que quando olhei a foto acima pela primeira vez, por um momento, não tinha reparado que era uma caricatura

    ResponderExcluir
  3. Se não existisse Sean Connery, James Bond não sobreviveria. Digo mais;não fosse o ator Sean, as aventuras de Bond não teriam passado de O Satânico Dr. No, titulo que depois foi alterado para 007 contra dr. No, pelo sucesso que fizeram seu segundo e terceiro filmes, justamente Godfinger e Moscou contra 007.

    Um formidável ator, que antes de 007 já havia feito muitas pontas, até em filmes de Tarzan e alguns filmes de so menos importancia.

    Um ator que dignificou o personagem com permissão para matar e que, por não desejar se estigmatizar com esta caracteristica, e por desejar atuar em outros horizontes senão no mesmo oo7, abandonou a mina de ouro que lhe estava às mãos.

    Porém, o personagem 007 andou rolando de mãos em mãos sem que um ator de fato o encarnasse condignamente. No entanto, Roger Moore e Pierce Brosnan até que deixaram algumas marcas.

    No entanto as idades lhes alcançaram e tiveram de deixar o papel para outros, que apenas estrelaram um ou dois filmes, como o George Lazemby, a mais deplorável personificação do agente, assim como o Thimoty Dalton, que não sobreviveram à grande oportunidade.

    Por fim acabam de encontrar o que é para mim a pior encarnação de um papel que um dia foi de um dos maiores atores do cinema, que foi Sean Connery e que agora deita nas mãos imaturas e despreparadas de um Daniel Craig.
    Que maltrato aos olhos dos amantes dos filmes do personagem do unico agente que tem permissão para matar.
    jurandir_lima@bol.com.br

    ResponderExcluir
  4. VENHA FAZER PARTE DO GRUPO DA ACADEMIA MACHADENSE DE LETRAS (FACEBOOK). PUBLIQUE SEUS POEMAS, CONTOS, CRÔNICAS, FOTOGRAFIAS, SUGESTÕES DE LIVROS, PEÇAS DE TEATRO, FILMES...TODO CONTEÚDO CULTURA.
    ACESSE O LINK E CLIQUE NA OPÇÃO (SEGUIR/PARTICIPAR DO GRUPO). DEPOIS É SÓ PUBLICAR SEUS TEXTOS COM OU SEM FOTOS.
    https://www.facebook.com/groups/149884331847903/

    ResponderExcluir