sexta-feira, 19 de novembro de 2010

PSICOSE


Alfred Hitchcock
(Diretor de cinema nascido na Inglaterra)
13-07-1899, Londres, Grã-Bretanha
29-04-1980, Los Angeles, EUA.
Hitchcock, teve uma rígida educação jesuíta e pretendia seu engenheiro, mas acabou, ainda bem jovem, desenhando legendas de filmes mudos numa produtora londrina. Na década de 20, com o cinema ainda numa fase romântica, a diferença entre desenhar legendas e dirigir um filme ainda não era tão grande. Depois de um breve período de aprendizado, como assistente de direção e montador, em 1925 fez seu primeiro filme, nunca concluído, "The pleasure garden", obra ainda medíocre. Em 1926, contudo, já assina "The Lodger", uma história com Jack, o Estripador, demonstrando grande talento. Daí por diante, não parou mais de filmar.
Como sua produção era muito extensa, e sempre no ritmo ditado pelos estúdio, teve momentos de maior ou menor qualidade. Mas quem vai negar os acertos de "Psicose", "Vertigo", "Disque M para matar", "Os pássaros", "Intriga internacional" e "O homem que sabia demais"? O estilo de Hitchcock, que combina realismo na ação, uma certo maneirismo na construção dos personagens e extrema inventividade na narrativa visual (resultante, antes de tudo, de uma decupagem brilhante e sofisticada), já foi muito copiado, mas, como acontece com obras e autores de exceção, não pode servir de paradigma para ninguém. Hitchcock foi um dos grandes. E ponto final. – Carlos Gerbase é jornalista, roteirista e diretor.

Um comentário:

  1. Prof. Cunha e Silva20 de novembro de 2010 02:39

    João de Deus Netto:
    Exclen te e oportuna esse projeto de Cinemascope que, de resto, ainda nos leva a anos marcantes de minha adolescência em Teresina. Um abraço do
    Cunha e Silva Filho

    ResponderExcluir